Pré-construção: um conceito ou uma metodologia?

Pré-construção: um conceito ou uma metodologia?
03/04/2018

O termo “Pré-Construção” é citado desde 1850, mas foi a partir da 1980 ganhou ênfase, com informações, pesquisas e publicações das melhores práticas pelo Construction Industry Institute.

Até hoje não existe definição clara da Pré-Construção, mas com a experiência e conhecimentos adquiridos como dirigente de empresas de engenharia, construção e incorporação entendo ser uma boa definição:

“O conjunto de atividades e serviços realizados previamente à etapa de Produção, desde a concepção do projeto incluindo:

  • Estudo de soluções de engenharia e das diversas interfaces,
  • Desenvolvimento paralelo de estimativas de custo,
  • Estudo de viabilidade,
  • Planejamento e orçamento detalhados de projetos integrado de construção.

Pressupõe trabalho colaborativo integrando as competências da cadeia de valor: projetistas, consultores, construtora (integradora) e fornecedores, avaliando os riscos e as alternativas, optando pela melhor solução para cada projeto . O processo deve atender os requisitos do cliente, gerando um projeto funcional e financeiramente viável.

Há claros benefícios para o cliente com um “pacote completo e integrado”, antecipando incertezas, reduzindo riscos com menores custos, prazos e as melhores soluções de engenharia!

 

Sobre o autor:
Paulo Oliveira é Diretor Executivo/CEO da Mutual Engenharia e Construções. Engenheiro Civil, com mais de 30 anos de experiência em indústrias multinacionais e nacionais de produtos para a construção e em serviços de engenharia, incorporação e construção. MBA Executivo Internacional pela FIA/USP. Project Manager Professional (PMP) pelo Project Management Institute (PMI). Professor do Curso de MBA Profissional do IPT e palestrante em congressos nacionais e internacionais.